Escalando no Vale de Cochamó, CHILE.

2016_Cochamo_Chile_6116

Vista do Vale de Cochamó do alto do Anfiteatro

Pouco tinha ouvido falar sobre Cochamó, e muito recentemente visto algumas fotos de suas imponentes paredes de granito branco, quando os amigos Marco Nalon e Cris Baran soltaram num grupo de whatsapp um “Vamos pra Cochamó?”

 

A época era perfeita mas apertada pra mim já com ampla programação com a filharada no mês de férias. Mas sabe como é convidar montanhista pra conhecer lugar novo, um convite desses não se recusa assim fácil, e mesmo com o cronograma apertado, corri na sessão de expedição de alvarás, vulgo “minha esposa querida” e solicitei os dias de 9 a 16 de janeiro.

Ufa! Alvará expedido e protocolado a tempo!

 

Nessa época de dólar caro os preços de passagem baixaram, mas o que acaba dando elas por elas, pois o valor é baixo e a cotação é alta. Apesar de em cima da hora consegui vôo São Paulo > Santiago > Puerto Montt por 1200,00 reais já com todas as taxas.

Como o Marco e o Cris já tinham ido uns dias antes, corri na internet pra buscar informações de acesso, e com o tempo apertado agendei um transfer por 55.000 pessos, algo como 80 dólares, pra que uma Van me pegasse logo cedo no hotel de Puerto Montt e levasse até o começo da trilha, a mais ou menos 200km de distância da cidade.

Eu fui sozinho mas se forem mais pessoas obviamente esse valor pode ser dividido, barateando bem o trajeto.

Quem tiver mais tempo pode optar por linhas regulares de ônibus que vão até o pequeno vilarejo de Cochamó e depois pega-se um taxi até a entrada da trilha (trailhead).

Outra opção é sair caminhando do vilarejo, o que deve aumentar a caminhada em uns 4 km aproximadamente.

 

Ao chegar no estacionamento de entrada da trilha você deve fazer o registro gratuito com nome, telefone de contato para emergência e número de dias que você pretende ficar no vale.

A caminhada, de 12,8km aproximadamente, acompanha sempre pela margem esquerda do Rio Cochamó até o Camping La Junta, que é o mais indicado para quem for escalar. Com a mochila cargueira pesada você provavelmente fará essa caminhada em umas 4 horas. É bom saber que a entrada na trilha só pode ser feita até as 16:00hs. Depois disso só no dia seguinte, portanto programe-se para começar preferencialmente até o comecinho da tarde.

Para quem vai ficar mais tempo e precisar levar muita comida, ou entrará em vias longas de artificial com muito equipamento, enfim, se você estiver muito pesado, cavalos podem ser contratados para carregar parte dos seus pertences (até 30kg por cavalo), com custo aproximado de 30.000 pessos. Aqui vale mais uma vez dividir entre amigos e mandar o mais pesado nos cavalos.

2016_Cochamo_Chile_5961

Caminhada de entrada no vale.

Outra ponto importante é que você, uma vez dentro do vale, deverá ser totalmente auto-suficiente em todos os sentidos: Alimentação, fogareiro, barraca, equipos, etc. O Camping é muito bem organizado, e aqui vale um parabéns aos proprietários, que preocupados com o meio ambiente, fazem compostagem dos resíduos sólidos e orgânicos, separam os resíduos líquidos e absolutamente todo o lixo deve ser trazido de volta. Não é permitido enterrar, queimar ou dar qualquer fim ao lixo que não seja sair por onde entrou, ou seja, você vai carregar todo o seu lixo de volta. Portanto leve pelo menos meia dúzia de bons sacos de lixo.

Apesar de muito bem organizado com barracão para cozinhar, toaletes e duchas (geladas), não há lojinha de mantimentos, ou qualquer outra infra.  Também não há luz elétrica nem sinal de celular, então agradeça a Deus e aproveite esse momento de desconexão com o restante do mundo, o que é cada vez mais raro de se encontrar!

Ahhh o camping custa 2.000 pessos (US$3,00) por noite por pessoa e pode baratear em estadias mais longas.

2016_Cochamo_Chile_6161

Nosso campo base!

Uma vez instalado no seu “Campo Base”, diversas são as possibilidades com vias de até 1630m de extensão!

Existe um setor de vias esportivas relativamente perto do camping chamado “Paredes Secas” que serve para dar uma relaxada das vias mais longas ou em dias de chuva branda, porém o forte de Cochamó são as vias de escalada tradicional, com ampla variedade de vias longas com graduações entre 5.9 a 5.11 de excelente qualidade!

No barracão refeitório do camping você encontrará diversas pastas com os croquis da maioria das vias. Recomendo você tirar uma foto dos croquis com seu celular ou dar uma rabiscada num pedaço de papel, para minimizar o risco de “se perder” na parede; lembre-se quem nem sempre as linhas nessas paredes enormes são tão fáceis de achar.

A partir deste “campo base” as principais paredes como Trinidad e Anfiteatro tem aproximações longas como 2 até 6 horas dependendo da via pretendida, portanto você deverá sair muito cedo da barraca num dia longuíssimo de aproximação mais escalada e retorno.

Eu recomendo que você faça a aproximação no dia anterior e bivaque na base da parede, lembrando que as temperaturas podem cair bem próximas de zero na madrugada! Bom, essa foi nossa opção e nem preciso dizer que congelamos a noite! Rsrsrs

2016_Cochamo_Chile_6122

Escalada tradicional de rocha limpa e sólida

Uma vez nas vias o granito é sólido, limpo e lindíssimo, com muitas fendas, diedros e feições típicas de Yosemite, o que permite ampla proteção e variedade de estilos na escalada.

São pouquíssimas as proteções fixas, portanto leve um rack completo com repetição das peças chave.

Realmente Cochamó é um convite ao ambiente de montanha, isolado, de longas aproximações e uma escalada de comprometimento, muitas vezes com final em rapéis longos e complexos. Portanto experiência e cautela acima de tudo e você definitivamente fará uma viagem inesquecível.

2016_Cochamo_Chile_6199

Cerro Arco-Íris

Além da escalada, diversas caminhadas podem ser feitas a partir do camping, inclusive com direito a alguns cumes próximos, como o Cierro Arco Íris, que fizemos também em um dos dias por lá. Nada muito difícil ou técnico mas que também não é “de graça”, exigindo preparo e um mínimo de navegação em montanha.

O meu curtíssimo tempo, as aproximações longas que não eram esperadas, e uma capa de corda cortada precocemente acabaram me permitindo escalar apenas uma via, e fazer um cume. Porém esta foi uma viagem  de “reconhecimento” que com certeza me fará voltar a esse belíssimo vale em breve!

2016_Cochamo_Chile_6163

Refeitório no Camping La Junta

Cochamó definitivamente é uma escalada lindíssima, desafiadora e selvagem como poucos lugares!

Alê Silva

2016_Cochamo_Chile_61992016_Cochamo_Chile_6163 2016_Cochamo_Chile_6161 2016_Cochamo_Chile_6138 2016_Cochamo_Chile_6132 2016_Cochamo_Chile_6131 2016_Cochamo_Chile_6101 2016_Cochamo_Chile_6109 2016_Cochamo_Chile_6114 2016_Cochamo_Chile_6116-1 2016_Cochamo_Chile_6122 2016_Cochamo_Chile_6095 2016_Cochamo_Chile_6022 2016_Cochamo_Chile_6004 2016_Cochamo_Chile_5995 2016_Cochamo_Chile_5961

 

Anúncios

2 Respostas para “Escalando no Vale de Cochamó, CHILE.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s