Solteira Segura!

Diversos são os métodos utilizados para solteira no montanhismo. Há quem prefira usar a própria corda da escalada, regulando o tamanho de sua solteira com uma volta do fiel e backup com um oito duplo.
Há quem prefira utilizar uma fita tubular fechada no tamanho de sua preferência, outros a fita anel, e alguns uma Daisy Chain, esta última com algumas ressalvas, quanto ao modo correto de fazê-lo. Veja aqui COMO UTILIZAR CORRETAMENTE A DAISY CHAIN.

No entanto a forma que em minha opinião é a mais prática, rápida e segura, é com a fitas de múltiplos elos.

Há no mercado algumas marcas e na Casa de Pedra você encontrará a FIXE MULTI CHAIN, que pode ser facilmente regulada de 30 a 120cm de comprimento.

Veja na imagem anexa uma forma inteligente de uso da Multi Chain, onde com o freio afastado da cadeirinha, você tem espaço de sobra para a montagem de um sistema de backup durante o rapel, e ainda utiliza a própria fita para mantê-lo seguro durante o processo. Evitando assim múltiplas solteiras e confusão com mais de uma fita.
Independente do processo de sua preferência, procure auxílio de um profissional e utilize sempre o método e equipamentos que você domina.
Escale consciente, escale seguro!

Alê Silva.

Método fácil e seguro de rapel com backup e auto-seguro Fixe Multi Chain

Método fácil e seguro de rapel com backup e auto-seguro Fixe Multi Chain

Anúncios

4 Respostas para “Solteira Segura!

  1. Alê, concordo em tudo.
    Acho valido tbém em se utilizar o nó prussik (Back up como se fala hoje) como se utilizava antigamente ou seja acima do freio,
    mesmo que aconteça de alguém esquecer de colocar o nó na ponta da corda e porventura escapar, o prusik ira travar é ñ escapar da corda.
    Sei que essa pratica caiu em desuso e que acarretava dificuldades quando tracionado, pois ficava muito para cima e obrigava a utilizar outro mais abaixo para solta-lo.

  2. Muito interessante o procedimento. Atualmente estamos com o Curso de Salvamento em Montanha do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro, e os nossos manuais estão sendo atualizados e procedimentos também revistos, esse aprimoramento já foi falado em instrução teórica e vamos tornar obrigatório para o rappel, visto que ainda temos mais 3 meses de curso pela frente, que termina na escalada no Dedo de Deus em Teresópolis.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s