Ameaçados – Lugares em risco no século 21

Primeira exposição do ano no Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria de Estado da Cultura, Ameaçados – Lugares em risco no século 21 apresenta 45 imagens inéditas em grandes e médios formatos do fotógrafo Érico Hiller, com registros de cinco locais do planeta que estão mudando drasticamente em decorrência das transformações climáticas e da ação do homem.

O projeto surgiu de pesquisa realizada pelo fotógrafo sobre “paraísos ameaçados”, a partir da qual foram eleitos cinco lugares que correm risco iminente, tanto no que diz respeito ao seu ambiente físico, quanto à sua cultura. O resultado são imagens que buscam sintetizar a tensão ambiental do nosso tempo.

As fotografias revelam, no Ártico, as alterações no estilo de vida devido ao derretimento do manto de gelo groenlandês; na Etiópia, as tribos que podem ter sua cultura impactada pelos novos tempos e a construção de uma hidrelétrica no Vale do Omo; no Brasil, a Mata Atlântica, pressionada pelo crescimento urbano; no monte Kilimanjaro, o derretimento das geleiras e o decorrente impacto no modo de vida da região; por fim, nas Maldivas, a ansiedade em torno do país mais baixo do mundo, e os impactos pelo aumento do nível da água dos oceanos. As fotografias de Érico apresentam, como ponto comum a esses lugares, mudanças nos hábitos, costumes e modos de morar de diferentes culturas, consequência das transformações ambientais do planeta.

Érico relata: “Meu objetivo sempre foi que as fotos que produzo representem um inventário do nosso minguante planeta; daquilo que, infelizmente, pode um dia só existir na memória de poucos – ou pior, apenas numa fotografia esquecida no fundo de uma gaveta. Tomado por este sentimento, entendi recentemente que havia reunido motivos suficientes para percorrer alguns lugares que correm risco de desaparecer – ou, pelo menos, serem profundamente alterados – neste século.”

O projeto Ameaçados Lugares em risco no século 21 resultou também em um livro que será lançado em março no MCB. A publicação de 268 páginas traz a seleção integral das imagens que compõem o projeto.

Patrocínio: Wisewood

Co-patrocínio: Minidocks

Apoio: National Geographic Brasil, Casa de Pedra, Columbia, Terra Mundi, Artfactory e Molducenter

AMEAÇADOS – lugares em risco no século 21 de Érico Hiller

Abertura: 07 de fevereiro, terça-feira, das 19h30 às 22h30, aberta ao público

Visitação: de 08 de fevereiro a 25 de março de 2012

Local: Museu da Casa Brasileira

Horário: de terça a domingo das 10h às 18h

Endereço: Av. Faria Lima, 2705 – Jardim Paulistano Tel. 3032-3727

Ingresso: R$ 4,00 – Estudantes R$ 2,00

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s